Autoridades no México investigam ataque cibernético a instituições financeiras

Autoridades no México investigam ataque cibernético a instituições financeiras
Lusa

A Procuradoria-geral do México anunciou hoje que está a investigar um ataque cibernético contra diversas instituições financeiras, que afetou o serviço de transferências eletrónicas do Serviço Interbancário de Pagamentos Eletrónicos.

Em comunicado, a instituição referiu que, através da Agência de Investigação Criminal, e da sua unidade especializada em investigações a ataques cibernéticos, vai tentar esclarecer todos os factos que ocorreram.

"Essas ações visam identificar a vulnerabilidade, os vetores de ataque e o 'modus operandi' de pessoas possivelmente envolvidas em transferências eletrónicas ilegítimas na plataforma de pagamento do serviço interbancário", explicou.

Até ao momento, a Procuradoria-geral tem "várias linhas de investigação diferentes" que vão ser analisadas, com o objetivo de ""reconstruir os eventos ocorridos nos últimos dias" e identificar os responsáveis.

De acordo com o Banco do México, não existe indicação de que qualquer cliente tenha sido afetado pelo ataque ao serviço, uma vez que "todas as incidências ocorreram em contas das próprias instituições financeiras".