Comissão do Parlamento Europeu apoia negociações para isenção de vistos para o Kosovo

Comissão do Parlamento Europeu apoia negociações para isenção de vistos para o Kosovo
Lusa

A comissão de Liberdades Cívicas do Parlamento Europeu apoiou hoje a abertura de negociações para a isenção de vistos para o Kosovo, o único país dos Balcãs Ocidentais cujos cidadãos ainda necessitam de visto para entrar na União Europeia (UE).

A decisão de abrir negociações com o Conselho (Estados-membros), que terá ainda que ser aprovada em plenário -- o que deverá suceder já na sessão plenária de setembro, em Estrasburgo --, foi aprovada hoje a nível da comissão parlamentar, em Bruxelas, com 30 votos a favor, 10 contra e duas abstenções.

Após a abolição de vistos decidida em 2009 para os cidadãos da Antiga República Jugoslava da Macedónia, Montenegro e Sérvia, e, no ano seguinte, para Albânia e Bósnia-Herzegovina, o Kosovo passou a ser o único país dos Balcãs Ocidentais cujos cidadãos ainda necessitam de visto para viajar para a União Europeia.

Uma vez alcançado um acordo entre Parlamento Europeu e Conselho, os cidadãos kosovares passarão a poder entrar na UE sem visto por um período de 90 dias, desde que tenham passaporte biométrico, e a abolição de vistos aplicar-se-á a todos os países da União Europeia, com exceção de Reino Unido e Irlanda, e ainda a Islândia, Liechtenstein, Noruega e Suíça.