"Coletes amarelos" devem parar tendo em conta resposta do executivo francês

"Coletes amarelos" devem parar tendo em conta resposta do executivo francês
Lusa

O presidente da Assembleia Nacional (LREM), Richard Ferrand, defendeu hoje que os "coletes amarelos" devem parar os protestos tendo em conta as "respostas maciças" do executivo francês às reivindicações do movimento relativas ao poder de compra.

Neste contexto, "realmente acho que agora é necessário que o movimento pare de protestar para permitir a construção de um novo modelo francês", disse o responsável, em declarações à France Inter.

Um jovem de 23 anos que participava no bloqueio de uma estrada perto de Avignon (França) promovido pelo movimento dos "coletes amarelos" morreu hoje de manhã após ser atropelado por um camião, informaram fontes judiciais.

Esta é a sexta morte desde o início, há um mês, do protesto do movimento para exigir melhorias no poder de compra dos cidadãos, entre outras reivindicações.

O motorista do camião foi preso e está já a ser interrogado pelas autoridades, acrescentaram as fontes.

O acidente, que ocorreu pouco depois da meia-noite, numa saída da autoestrada A7, perto da cidade de Avignon, no sul do país.

Até ao momento, na sequência dos protestos dos "coletes amarelos", que ganharam grande relevância nos meios de comunicação nos últimos dias após uma série de manifestações violentas em Paris, morreram seis pessoas, todas elas em acidentes durante bloqueios de estradas.

A primeira vítima ocorreu em 17 de novembro, durante o primeiro sábado de manifestações, perto de Pont-de-Beauvoisin, no leste do país, quando um manifestante foi atropelado por um veículo conduzido por um motorista em pânico.

Dois dias depois, uma pessoa morreu atropelada por uma carrinha e, nas primeiras horas do passado dia 02, no segundo fim de semana de protestos, um condutor chocou com um camião em Arles, no leste.

Uma mulher de 80 anos morreu dias depois de ser ferida por uma granada de gás lacrimogéneo em Marselha e, no passado dia 10, uma mulher de 20 anos morreu quando carro que conduzia colidiu com um camião.