"Vítor Oliveira? É quase tão difícil conseguir a subida na II Liga como ir à Champions"

"Vítor Oliveira? É quase tão difícil conseguir a subida na II Liga como ir à Champions"
João H. Vieira (Edição de Vídeo)

João Ricardo Pateiro, José Manuel Ribeiro e Luís Freitas Lobo comentam os temas fortes da atualidade futebolística em mais um Visão de Jogo, que pode ver em vídeo. As despedidas de Vítor Oliveira, Reinaldo Teles e Maradona, o bom momento de Pedro Gonçalves, as dificuldades defensivas do Benfica e muitos outros assuntos em debate.

Confira algumas das frases fortes do Visão de Jogo de segunda-feira:

"O Vítor nunca foi uma pessoa de consensos, foi sempre uma pessoa de rutura"

"É quase tão difícil conseguir aquilo [subida] na segunda Liga como ir à Liga dos Campeões na primeira"

"Como a ele [Reinaldo Teles] lhe custava, nesta altura, ver o momento do FC Porto e ver muitas ruturas e quebras de amizades, de cumplicidades e de ligações, que o FC Porto teve com outras personagens e outras pessoas que estiveram ligadas ao FC Porto"

"[Pedro Gonçalves] Foi uma excelente compra. Alguns clubes, o FC Porto por exemplo, devem estar a bater com a cabeça na parede por não terem entrado nessa corrida e podiam ter entrado"

"Depois de vender Vietto, o Sporting não pode vender jogadores. Tem de manter esta equipa e procurar um avançado indiscutível"

"Taremi não correu muito bem. Era um jogo que pedir mais Marega"

"Não podes ter um VAR em que num jogo tens 5 câmaras e no outro tens 10 ou 12"

"Este ano Jorge Jesus está a ter dificuldade em ter ali um plano B para jogar a Liga dos Campeões ou até com um Paredes"

"Para quem gastou tanto dinheiro a contratar jogadores, 100 milhões de euros, é quase inadmissível ter estas lacunas em algumas posições"