José Paisana e derrota com a Chéquia: "Este resultado é completamente injusto"

José Paisana e derrota com a Chéquia: "Este resultado é completamente injusto"
Redação com Lusa

Declarações do selecionador da equipa feminina de sub-19, que perdeu esta terça-feira, por 2-1, com a Chéquia, jogo do Grupo 6 da Liga A da primeira fase de qualificação para o Europeu'2022, disputado no Estádio Algarve.

Elogios às jogadoras e análise: "Quero dar os parabéns às jogadoras, porque fomos uma seleção comprometida, dedicada e empenhada. Queríamos ser competitivos e fomos uma seleção competitiva. Tivemos dificuldades em jogar contra este padrão de jogo. Já sabíamos que o adversário ia jogar com a bola batida sempre na frente, a partir o jogo, o que nos cria dificuldades. Soubemos contrariar isso em muitos momentos, ter bola com qualidade e ter oportunidades de golo, que podiam ter resolvido o jogo a nosso favor."

Resultado injusto: "O futebol, também se percebeu aqui hoje, é um bocadinho injusto. Apesar de o adversário ter tido uma ou outra oportunidade na fase final, em que estávamos a arriscar mais, este resultado é completamente injusto. A República Checa fez o [primeiro] golo um pouco contra a corrente do jogo, tivemos oportunidade de matar o jogo e não o conseguimos. Portanto, acabamos por não ter sucesso neste jogo."

Grupo: "A equipa está unida, a equipa está junta. Este foi o primeiro jogo, em que não tivemos sucesso embora o merecêssemos, mas a equipa vai até ao fim. Vamos recuperar e fazer tudo para chegar aos dois próximos jogos [contra Espanha e Eslováquia] em condições de discutir a passagem à segunda ronda da fase de apuramento."