Exclusivo Em busca de um sonho: "Para jogar tinha de fugir e de me esconder"

Em busca de um sonho: "Para jogar tinha de fugir e de me esconder"
Filipa Mesquita

No início, os pais de Pipa Rodrigues, capitã do Estoril, não entendiam a paixão da central pelo futebol. Agora ficam "muito babados" e acompanham-na "para todo o lado". "A mentalidade numa aldeia é muito diferente", vincou

Filipa Rodrigues, mais conhecida por Pipa, é a capitã do Estoril, formação da zona sul da Liga BPI. Num ano de "reconstrução da equipa", partilha o balneário com jogadoras que treinou nas camadas jovens do clube. Trabalha numa loja de desporto e ainda arranja tempo para treinar as sub-17.