Andreia Faria e o Rússia-Portugal: "Ter a bola nos pés e fazer com que elas corram"

Andreia Faria e o Rússia-Portugal: "Ter a bola nos pés e fazer com que elas corram"
Redação

Médio de 20 anos, Andreia Faria é uma das mais jovens jogadoras da lista de convocadas para o play off de acesso ao Euro'2022, que decorrerá em Inglaterra

"Este Europeu [de 2022] pode ser o meu primeiro. Essa é a minha esperança. Tenho uma grande confiança neste grupo e acredito que vamos ser capazes de passar o play-off", afirmou Andreia Faria, médio de 20 anos, sobre o duplo confronto com a Rússia no play off de acesso ao Europeu feminino, que decorrerá em 2022 em Inglaterra.

Os jogos com a Rússia terão lugar a 9 de abril, no Estádio do Restelo (18h30), e no dia 13 de abril, em Moscovo, pelas 15h00 (hora de Portugal continental).

Jogadora do Benfica e estudante de Economia, Andreia Faria fez as contas ao que é preciso a seleção fazer nestes dois jogos. "O nosso objetivo é ir para estes jogos com tudo e sermos fiéis à nossa identidade competitiva. Vamos para jogar à Portugal e ganhar. Para que isso aconteça, temos de mostrar mais ambição e querer muito mais que as nossas adversárias. É ter a bola nos pés e fazer com que elas corram atrás da bola", disse.

Internacional nos escalões sub-16 , sub-17 e sub-19, Andreia está agora na principal seleção de Portugal. "As minhas colegas falam sempre das memórias que guardam e da vontade que têm de repetir a presença na fase final. Nós, as mais novas, também queremos viver isso com elas", descreveu a atleta, que, no play-off de 2016, estava "a torcer por fora, num estágio das seleções de formação". "Poder viver isto por dentro é um sonho para mim", concluiu, citada pelo site da FPF.