Confederação do Desporto diz que jovens são os mais prejudicados com falta de apoio

Confederação do Desporto diz que jovens são os mais prejudicados com falta de apoio
Redação com Lusa

Organismo português contesta Orçamento de Estado para 2021

A Confederação do Desporto de Portugal (CDP) alertou hoje que os jovens serão os mais prejudicados pela falta de apoio ao desporto, numa altura em que o setor está a ser afetado pela pandemia de covid-19.

"Para o presidente da CDP, Carlos Paula Cardoso, os principais prejudicados com a atual situação serão os jovens, uma vez que o desporto de formação terá um menor investimento, logo menos qualidade", lê-se num comunicado do organismo.

No mesmo documento, a CDP anunciou que vai enviar uma carta a todos os partidos com assento parlamentar, "por não ter sido contemplado um reforço para a área do Desporto no Orçamento do Estado para 2021, que permitisse um amenizar da terrível situação pela qual a área atravessa derivada da pandemia de covid-19".

A CDP revela "perplexidade" com a posição do PS e do PSD, que não aprovaram as propostas de outros partidos, nomeadamente do PAN e do PCP, na discussão na especialidade do OE2021, "não permitindo um reforço da verba para o desporto".

"O líder da CDP estranha ainda o facto de nenhuma das propostas apresentadas pelo setor desportivo, como seja a redução do IVA para 6% e a isenção do IRC até volumes de negócios de 30 mil euros, ou fundo de apoio para o desporto, entre outras, [tenha sido acolhida] pelos partidos que têm liderado os governos em Portugal", lê-se.

Apesar deste revés, a CDP garante que "continuará a trabalhar e apresentar propostas, para que a situação possa ser revista e melhorada no decorrer do próximo ano".