Ljubomir sai para a SIC, TVI mete-o em tribunal

Ljubomir sai para a SIC, TVI mete-o em tribunal
Redação

Tópicos

O cozinheiro rescindiu unilateralmente e agora o quarto canal prepara-se para "ativar os mecanismos legais"

Está o caldo entornado.

Depois de se saber da transferência do cozinheiro Ljubomir Stansic da TVI para a SIC, sabe-se, agora, que o jugoslavo rescindiu unilateralmente. Como tal, e quarto canal vai avançar para tribunal.

"O Chef Ljubomir Stanisic rescindiu hoje, unilateralmente, o contrato de trabalho com a TVI", começa por informar um comunicado da estação dirigida por Nuno Santos.

"Ljubomir tinha um contrato de trabalho em vigor até ao final do ano, ao qual acrescia um valor dedicado pela produção dos seus programas. Tendo o Chef rescindido de forma unilateral, reserva-se agora a TVI o direito de ativar mecanismos legais que a salvaguardem, bem como aos anunciantes com quem havia compromissos assumidos no âmbitos dos projetos que envolviam Ljubomir Stanisic", pode ler-se ainda.

"A TVI está surpreendida com este procedimento inusitado, no momento em que decorriam negociações entre as partes para a renovação do acordo global por mais dois anos. A TVI fez uma oferta e uma contra-oferta, dentro de valores considerados ajustados".

"No início de 2020, Stanisic estabelecera já um novo contrato, em condições muito favoráveis e invulgares no mercado, para a produção de uma nova temporada de "Pesadelo na Cozinha". Por razões de saúde, um problema sério num joelho, e devido à Pandemia, não foi possível concretizar a produção, o que deveria suceder agora, com data marcada para 15 de Setembro, dentro do espírito de boa fé e do contratualmente definido entre as partes", acrescenta o comunicado.

A TVI informou ainda que lançará, em breve, "um novo programa do género" e, apesar da saída unilateral do cozinheiro jugoslavo "preserva os bons momentos vividos, em conjunto, com Ljubomir Stanisic e deseja-lhe o melhor para o futuro e para as escolhas que fez".