André Villas-Boas já regressou ao Porto e teve uma receção especial

André Villas-Boas já regressou ao Porto e teve uma receção especial

André Villas-Boas foi transportado de helicóptero para um hospital na sequência do acidente que sofreu durante a etapa de terça-feira do Dakar'2018, no deserto de San Juan de Marcona, no Peru, encontrando-se já praticamente recuperado.

André Villas-Boas regressou ao Porto depois do acidente que sofreu durante a terceira etapa do Dakar'2018, tendo saído do acidente com "uma dor nas costas". O ex-treinador do Shanghai SIPG ilustrou o regresso ao Porto com uma fotografia na companhia do filho, Frederico, e da receção à chegada ao aeroporto.

André Villas-Boas foi transportado de helicóptero para um hospital na sequência do acidente que sofreu durante a etapa de terça-feira do Dakar'2018, no deserto de San Juan de Marcona, no Peru. Segundo avançara a imprensa belga, o treinador português teria realizado exames de observação, devido a uma lesão nas costas.

Em declarações ao jornal HLN, Jean-Marc Fortin, team manager da Overdrive Racing - equipa que preparou o Toyota de André Villas-Boas - explicou o acidente que o português sofreu. "Quando abordou uma duna, o carro acabou por subir em demasia e acabou por aterrar de 'nariz'. O André foi transportado para o hospital com uma dor nas costas. É uma pena, especialmente porque o André estava a fazer uma estreia muito boa", atirou Fortin.