Filhos de Paul Scholes causam controvérsia e vizinhos apresentam queixa

Filhos de Paul Scholes causam controvérsia e vizinhos apresentam queixa
Redação

Tópicos

Os irmãos organizaram uma festa para celebrar o começo de 2021. Fotografias do evento, presenciado por dezenas, foram entretanto divulgadas.

O inglês Paul Scholes, ex-jogador da equipa do Manchester United, foi acusado pela polícia britânica de desrespeito das medidas vigentes de combate à pandemia de covid-19 em Inglaterra, durante a noite de 31 de dezembro de 2020.

A informação é avançada pelo diário britânico The Sun e tem sido replicada em vários órgãos de comunicação social estrangeiros.

A queixa apresentada pelos vizinhos de Paul Scholes às autoridades policiais ocorreu na sequência de uma festa, promovida pela filha Alicia (19 anos) e pelo filho Arron (21), em Oldham.

A prole do antigo futebolista, que não foi visto no evento noturno, convidou, detalha a Imprensa britânica, mais de 20 pessoas, o que, por si só, já configura uma quebra das regras de convívio aplicadas em contexto pandémico.

As fotografias do momento controverso, entretanto divulgadas em várias redes sociais, mostram que, além do uso de disfarces, não foi respeitado o distanciamento social e nem sequer houve a utilização de máscaras cirúrgicas na mansão de Scholes.