Empregados de Ronaldo esperaram sete horas por gasolina... sem sucesso

Empregados de Ronaldo esperaram sete horas por gasolina... sem sucesso
Redação

Tópicos

Imprensa inglesa escreve que tentaram abastecer o Bentley do jogador, mas acabaram por desistir.

A corrida ao abastecimento acelerou nos últimos dias no Reino Unido, depois de várias petrolíferas terem anunciado o encerramento de alguns postos devido à dificuldade em abastecê-los, problema que atribuíram à falta de camionistas para conduzir os tanques desde as refinarias.

Filas de dezenas de automóveis e horas de espera formaram-se junto a algumas bombas de gasolina, originando mesmo algumas escaramuças entre clientes. E ninguém fica fora deste problema, nem mesmo Ronaldo.

Segundo o jornal sensacionalista "The Sun", dois empregados do craque tentaram abastecer, na passada quarta-feira, o Bentley do jogador, que se encontrava concentrado nos trabalhos do Manchester United para o jogo com o Villarreal. Sem sucesso. Depois de quase sete horas à espera, acabaram por desistir. "Os dois homens pareciam estar fartos de esperar debaixo de chuva", afirmou uma fonte ao referido meio de comunicação.

Mesmo que tivessem tido sucesso, os dois empregados apenas poderiam abastecer com 35 euros de combustível, limite máximo definido.