Artigo Patrocinado

Três felizardos venceram o Mundial no campo e fora dele

Três felizardos venceram o Mundial no campo e fora dele

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Redação

Uma particularidade que três grandes figuras do futebol mundial têm em comum.

Didier Deschamps, Mário Zagallo e Franz Beckenbauer. Além de serem grandes figuras do futebol mundial, sabe que particularidade estes três homens têm em comum? São os únicos, até ao momento, que conquistaram o Campeonato do Mundo como jogadores e como treinadores.

O médio francês, que hoje é o selecionador da equipa gaulesa, venceu o Mundial'1998, disputado no seu país natal. Era o capitão daquela equipa que tinha nomes como Barthez, Lilian Thuran, Zidane, Emmanuel Petit, Laurent Blanc, Henry, Patrick Vieira, Trezeguet... e muitos outros. Enquanto treinador, conquistou o último torneio, o Rússia'2018.

Zagallo era avançado e supera os números de Deschamps, porque venceu a prova enquanto jogador por duas vezes e ainda outra como treinador. Em 1958 e 1962 levantou o troféu quando pisava o relvado, em 1970 repetiu o feito, mas já a partir do banco. Orientou Pelé, Jairizinho, Gerson, Carlos Albertos e muitos outros craques.

Depois de Zagallo, mas antes de Deschamps, o alemão Franz Beckenbauer também fez história. Em 1974, em Munique, a Alemanha Ocidental, capitaneada por Beckenbauer, conquistou o Mundial numa final contra os Países Baixos. Em 1990, em Itália, levou os alemães à conquista do título, vencendo a Argentina. Lothar Matthaeus era a grande figura daquela seleção.