Desafio Champions

Jorge Maia

Tópicos

O arranque das provas europeias vai colocar os candidatos ao título sob pressão

1 - Na última época, o Sporting perdeu duas vezes para o campeonato e empatou outras duas em jornadas disputadas imediatamente a seguir a jogos da fase de grupos da Champions. Ao todo, os leões perderam dez pontos no campeonato enquanto disputaram a liga milionária, passando do primeiro lugar e de uma vantagem de dois pontos sobre o Benfica para o terceiro, a cinco pontos dos encarnados. Muito do que foi a última época do Sporting ficou definido durante esse período. Conseguir lidar com a pressão e o desgaste, tanto físico como emocional, provocados pela necessidade de jogar ao mais alto nível duas vezes por semana representa um desafio de gestão considerável para qualquer um dos candidatos ao título e, simultaneamente, uma oportunidade para os adversários internos, que, como se viu mais uma vez na última jornada, estão longe de ser carne para canhão. É todo um novo campeonato, o que vai começar esta semana.

2 - Cristiano Ronaldo foi o protagonista do jogo do empate do Real Madrid no Bernabéu com o Levante por não o ter jogado. Aliás, já tinha sido o protagonista do empate dos madridistas em casa frente ao Valência pelo mesmo motivo. É evidente que, com Isco e Asensio e Kroos e companhia, o Real tem plantel mais do que suficiente para fazer melhor, mas nenhuma equipa fica na mesma sem poder contar com o melhor do mundo. E nem sequer se trata apenas do futebol ou dos golos que Cristiano acrescenta ao Real Madrid. Ontem, por exemplo, discutia-se em Espanha se tudo não passaria apenas de um caso de falta de ideias e motivação. Lá está: duas coisas que nunca faltam ao CR7.