Joel Neto

Golpe perfeito

Publicado por Joel Neto
CR7 ganha em toda a linha
Pense-se o que se pensar sobre a primeira motivação de Cristiano Ronaldo: a infame declaração em que se confessava triste resultou em pleno. A maior parte dos colegas solidarizou-se de imediato com ele, mesmo desconhecendo as razões da tristeza. O Real Madrid dispôs-se a contratá-lo para o resto da vida, com salário a condizer. Lá longe, na América do Sul, adeptos peruanos entoaram o seu nome para chatear Messi. A Seleção Nacional ganhou os dois primeiros jogos da corrida ao Mundial, com contributo do capitão. Arbeloa ainda ontem previa que, a partir de agora, o Santiago Bernabéu aplaudirá ainda mais o português. E Xabi Alonso já saiu a terreiro tornando a frisar bem: Ronaldo é, de todos, o jogador que mais merece a Bola de Ouro deste ano. Um verdadeiro "cocktail" de carinhos e atenções, no fundo. Nem tudo foi diretamente provocado pela tal declaração do CR7? É verdade, não foi. Mas os génios são assim mesmo: sabem acrescentar logo à partida o ingrediente que no fim produzirá o caldo perfeito. Talvez Ronaldo ainda esteja triste. Mas se tinha dúvidas, de certeza que já as esclareceu: é amado e é grande. Que mais poderia pedir?