Presidente da Federação Húngara de Natação pede demissão

Presidente da Federação Húngara de Natação pede demissão

O presidente da Federação de Natação da Hungria (MUSZ), Tamas Gyarfas, demitiu-se esta quarta-feira, a oito meses de Budapeste acolher os Mundiais da modalidade.

Alvo de muitas críticas de nadadores, entre os quais os campeões olímpicos Katinka Hosszu e Daniel Gyurta, Gyarfas, na presidência da MUSZ desde 1993, decidiu demitir-se "para ajudar [a natação] a encontrar um presidente mais adequado", como referiu à agência húngara de notícias MTI.

No início de novembro, Katinka Hosszu, que conquistou três medalhas de ouro nos Jogos Olímpicos Rio2016, acusou Gyarfas de gerir a federação "de forma pouco democrática".

Daniel Gyurta, campeão olímpico dos 200 metros bruços nos Jogos Londres2012, também se juntou ao grupo de contestatários que acusavam o presidente da MUSZ de não cumprir as promessas feitas aos nadadores no que respeita a prémios monetários e bolsas.

Em julho do próximo ano, Budapeste acolhe os Mundiais de natação.