Sebastian Vettel ganha Grande Prémio do Barém

Sebastian Vettel ganha Grande Prémio do Barém

Segundo triunfo da época para o alemão da Ferrari e 44.º da carreira

Sebastian Vettel (Ferrari) conquistou este domingo o Grande Prémio do Barém, a terceira prova do Mundial de Fórmula 1 e que teve a particularidade de se disputar de noite.

Esta temporada foi o segundo triunfo do alemão, que já se tinha saído vitorioso na Austrália, assumindo, por isso, a liderança no mundial de pilotos (68 pontos), tal como a escuderia italiana passa a estar na frente do mundial de construtores.

Vettel, que conquistou o 44.º Grande Prémio da carreira, foi dominando a corrida e assim levou a melhor sobre os Mercedes de Lewis Hamilton e Valtteri Bottas, que completaram o pódio. O finlandês largara da pole position, enquanto o britânico acabou penalizado com cinco segundos após um incidente com Daniel Ricciardo (Red Bull).

No circuito de Sahkir, a corrida ficou marcada pelos abandonos e Marcus Ericsson, Carlos Sainz, Lance Stroll, Max Verstappen, Kevin Magnussen... e Fernando Alonso. O espanhol da McLaren esteve à beira de operar um milagre, mas deixou a prova a duas voltas do fim, indo para o terceiro abandono da época. O colega Stoffel Vandoorne nem começou.

De destacar ainda o desempenho de Sergio Pérez (Force India), que largou da 18.ª posição da grelha para terminar em sétimo.

Grande Prémio do Barém - Resultados:

1.º Sebastian Vettel (Ferrari), 1h33m53,374s

2.º Lewis Hamilton (Mercedes9, a 6,660s

3.º Valtteri Botta (Mercedes), a 20,397s

4.º Kimi Raikkonen (Ferrari), a 22,475s

5.º Daniel Ricciardo (Red Bull), a 39,346s

6.º Felipe Massa (Williams), a 54,326s

7.º Sergio Pérez (Force India), 62,606s

8.º Romain grosjean (Haas), a 74,865s

9.º Nico Hulkenberg (Renault), a 80,188s

10.º Esteban Ocon (Force India), a 95,711s

11.º Pascal Wehrlein (Sauber), a uma volta

12.º Daniil Kvyat (Toro Rosso), a uma volta

13.º Jolyon Palmer (Renault), a uma volta

Mundial de Pilotos

1.º Sebastien Vettel, 68 pontos

2.º Lewis Hamilton, 61

3.º Valtteri Bottas, 38

4.º Kimi Raikkonen, 34

5.º Max Verstappe, 25

Mundial de Construtores

1.º Ferrari, 102 pontos

2.º Mercedes, 99

3.º Red Bull, 47