Homem que atropelou Nicky Hayden fala pela primeira vez após o acidente

Homem que atropelou Nicky Hayden fala pela primeira vez após o acidente

O homem que atropelou Nicky Hayden disse a um jornal italiano não ter conseguido parar a tempo de evitar o grave acidente.

O homem que atropelou o ex-campeão mundial de MotoGP não conseguiu evitar o embate com Nicky Hayden, que circulava de bicicleta na localidade italiana de Rimini.

"Estava a ir para o trabalho e ele apareceu inesperadamente de um sinal Stop", disse esta sexta-feira, ao jornal "Il Resto del Carlino", o homem, de 30 anos, que conduzia o Peugeot 306 que atropelou o piloto norte-americano.

O condutor, cuja identidade não foi revelada, disse ainda estar "destroçado" e não conseguir "tranquilizar-se pela dor do trágico acidente".

Esta sexta-feira, o Hospital Maurizio Bufalini, em Cesena, emitiu um comunicado dizendo que o estado de Nicky Hayden continua a ser de "extrema gravidade" e "sem alteração". O piloto sofreu danos cerebrais graves.