Recordista da maratona fica sem apoio

Recordista da maratona fica sem apoio
Lusa

Tópicos

Federação Britânica de Atletismo retirou apoio financeiro a Paula Radcliffe, de cerca de 32500 euros, por considerar que não é candidata ao ouro no Rio de Janeiro.

A Federação Britânica de Atletismo anunciou a retirada do apoio financeiro a Paula Radcliffe por considerar que a recordista mundial da maratona não é candidata à medalha de ouro nos Jogos Olímpicos Rio2016. A atleta, de 38 anos, anunciou, entretanto, através da sua conta no twitter, que não tenciona retirar-se, apesar de deixar de contar com o apoio disponibilizado pela federação a atletas de elite, de 26.000 libras anuais (cerca de 32.500 euros).

"Falei com Paula Radcliffe este fim de semana e ela percebeu", disse o diretor desportivo da federação, Neil Black, em declaração à BBC Radio 5. Neil Black explicou que a federação identificou "um grupo de atletas com talento e potencial que vai apoiar", acrescentando: "Estamos a construir a partir do êxito do último ciclo olímpico e paralímpico".

Paula Radcliffe, que não participou nos Jogos Londres2012 devido a lesão, disse já esperar a decisão de ser retirada do programa de apoio aos atletas, financiado com verbas da lotaria britânica. "Quero esclarecer que estou muito agradecida pelo apoio que a lotaria dá aos atletas e dizer que já esperava que me fosse retirado", afirmou a campeão mundial da maratona em 2005.