Liverpool leva Ilori por 7 milhões

Liverpool leva Ilori por 7 milhões

Transferência quase fechada. O clube inglês apresentou uma proposta concreta pelo jovem central e Bruno de Carvalho aceitou negociar. O valor ainda poderá subir em função de objetivos desportivos e os leões garantem uma percentagem do passe numa futura transferência

Tiago Ilori está a um pequeno passo de se tornar jogador do Liverpool. O clube inglês apresentou ontem ao Sporting uma proposta de 7 milhões de euros pelo central formado na Academia leonina e, nesta altura, os clubes estão muito perto de chegar a acordo, sabe O JOGO. O negócio deverá fechar-se por um valor próximo da oferta dos reds, mas os verdes e brancos deverão também garantir um extra em função de objetivos desportivos, além de uma percentagem do passe, que será entregue numa futura transferência.

Está assim à beira de ser consumado o maior negócio deste verão para os lados de Alvalade e pelos valores que Bruno de Carvalho sempre estabeleceu como mínimos para transferir um dos futebolistas com maior potencial do atual elenco sportinguista. Com uma cláusula de rescisão de 20 milhões e contrato até 2015, Ilori estava a trabalhar com a equipa B, mas ainda não tinha sido utilizado por Abel Ferreira na II Liga. Tudo porque, à semelhança de outros jogadores, estava de "castigo" por não ter ainda acertado a renovação e extensão do atual vínculo.

O namoro do Liverpool a Ilori é antigo e começou há cerca de um ano e meio, quando o central ainda não era opção consistente na primeira equipa. Ainda durante a presidência de Godinho Lopes, os reds tentaram levá-lo, mas o Sporting conseguiu segurá-lo. Mas, ao que tudo indica, apenas por mais alguns meses.

Nos últimos tempos, outros clubes mostraram interesse em contratar o internacional sub-20 por Portugal. Bayer Leverkusen, Valência, Tottenham e Mónaco perguntaram pelo futebolista, com o clube do Principado a avançar recentemente com uma oferta de 5,5 milhões, rejeitada pelo Sporting, que exigiu os 7 milhões de euros. Nesta altura, e com o mercado prestes a fechar, não é ainda de excluir uma última tentativa dos monegascos, no sentido de desviarem o futebolista de Anfield Road.

Nascido em Londres, filho de pai inglês e mãe portuguesa, Ilori está desde os 14 anos na Academia, onde viveu até ao ano passado. Estreou-se ainda com Domingos Paciência, num jogo com o União de Leiria, mas apenas se afirmou como titular a partir de meados da época passada, já com Jesualdo Ferreira no banco. Nessa altura, fazendo quase sempre dupla com Marcos Rojo, ultrapassou Boulahrouz na hierarquia de centrais.