Invasão de campo na vitória da Colômbia

Invasão de campo na vitória da Colômbia
Mónica Santos, em Hamilton (Nova Zelândia)

Tópicos

Muitos colombianos vivem na Nova Zelândia e pintaram de amarelo as bancadas do Waikato Stadium para assistir à vitória sobre o Catar. No final, a alegria transbordou para o relvado.

Um comovente quadro amarelo apoiou a Colômbia no jogo de abertura do Grupo C do Mundial da Nova Zelândia, este domingo, em Hamilton, no desafio que precedeu a estreia de Portugal, diante do Senegal. No Waikato Stadium, milhares de emigrantes que deixaram o continente americano para fugir à violência vibraram com a vitória sobre o Catar (1-0), garantida com um golo de João Rodríguez, que o Chelsea cedeu ao Vitória de Setúbal, na segunda volta da última temporada. Muito antes do golo, porém, os colombianos arrepiaram ao cantarem o hino. A FIFA fez soar a versão mais curta do hino da Colômbia e, quando a música parou, o estádio continuou a cantar, com os jogadores, no relvado, a acompanharem aquele coro amarelo, cor da bandeira.

No final, quando os jogadores se dirigiram à maior mancha colombiana no estádio, a alegria foi demasiada e alguns adeptos acabaram mesmo por invadir o relvado, para aflição dos assistentes de recinto. A euforia foi controlada rapidamente.