Sampaoli: "Sergio Ramos? Não creio que marcar um Panenka seja uma falta de respeito"

Sampaoli: "Sergio Ramos? Não creio que marcar um Panenka seja uma falta de respeito"

O treinador do Sevilha, Jorge Sampaoli, falou sobre a polémica em torno de Sergio Ramos com os adeptos do clube andaluz.

Jorge Sampaoli classificou a divisão entre Sevilha e Sergio Ramos de "loucura", realçando ainda que não considera uma falta de respeito marcar um penálti 'à Panenka'.

"Não creio que marcar um penálti 'à Panenka' seja faltar ao respeito ao rival. Lamento o que se sucedeu após o penálti, porque é alguém da casa. Oxalá que em algum momento esta relação se reconcilie. É uma loucura que Ramos e o Sevilha estejam divididos. Não estou a dizer se os gestos devem ser sancionados. Desconheço a regulamentação e isso não me preocupa. Não tenho interesse. Preocupa-me tanto o jogo [frente ao Real Madrid], que me abstraí disso", atirou o treinador do Sevilha.

Recorde-se que o Sevilha volta a receber o Real Madrid amanhã, em jogo da 18ª jornada da Liga Espanhola.