Polícia investiga Maracanã: cadeiras arrancadas e o relvado estragado

Polícia investiga Maracanã: cadeiras arrancadas e o relvado estragado

O estádio Maracanã foi alvo de um dispendioso programa de reabilitação, no âmbito da organização do Campeonato do Mundo de 2014, cuja fase final decorreu no Brasil, e dos Jogos Olímpicos de 2016.

A polícia brasileira está a investigar o roubo de vários objetos no estádio Maracanã, entre os quais o busto em bronze do jornalista Mário Filho, que deu o nome oficial ao mais emblemático palco futebolístico no Brasil.

Além de vários objetos roubados, o jornal O Globo, que teve acesso ao interior do estádio do Rio de Janeiro, mostra um recinto vandalizado, com várias cadeiras arrancadas, paredes em mau estado de conservação e o relvado estragado devido à falta de rega.

O estádio Maracanã foi alvo de um dispendioso programa de reabilitação, no âmbito da organização do Campeonato do Mundo de 2014, cuja fase final decorreu no Brasil, e dos Jogos Olímpicos de 2016.