Polícia identifica suspeitos dos desacatos no Dortmund-Leipzig

Polícia identifica suspeitos dos desacatos no Dortmund-Leipzig

Identificados 61 adeptos suspeitos de envolvimento em desacatos ocorridos em 5 de fevereiro

O Dortmund, adversário do Benfica na Liga dos Campeões, identificou 61 adeptos suspeitos de envolvimento em desacatos ocorridos em 5 de fevereiro, antes do encontro da Bundesliga com o Leipzig.

O clube alemão refere que os suspeitos foram identificados com a ajuda da polícia, e que incorrem em sanções que podem passar pela proibição de entrada no estádio, cancelamento de bilhetes de época e instauração de processos civis.

A polícia terá aberto processos de investigação a 32 adeptos que foram apanhados em atos de violência nas imediações do estádio, mas o clube admite que nas próximas semanas o número possa aumentar.

Antes do encontro entre o Dortmund e o Leipzig, da 19.ª jornada da Bundesliga, que o Borússia venceu por 1-0, verificaram-se vários desacatos e atos de violência.

A polícia de Dortmund registou 28 ocorrências, devido a engenhos explosivos, agressões e roubos, na sequência dos apedrejamentos aos adeptos do Leipzig, por adeptos do Borússia, acrescentando ainda o ferimento de quatro agentes.

O Benfica joga em 8 de março no Signal Iduna Park a segunda mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões, frente ao Dortmund, atual quarto classificado do campeonato da Alemanha