Perguntas sobre Sócrates incomodam Figo

Perguntas sobre Sócrates incomodam Figo

"Já fui suficientemente prejudicado na altura. Não somos amigos", disparou Luís Figo, em ação da Fundação Luís Figo

O ex-internacional português Luís Figo mostrou-se incomodado esta manhã, ao ser questionado sobre a detenção do ex-primeiro ministro José Sócrates, ao qual deu apoio público na altura da corrida eleitoral.

"Penso que já fui suficientemente prejudicado pela minha decisão na altura", lembrou Figo, durante uma ação da sua fundação, no Hospital da Estefânia, em Lisboa.

Figo, recorde-se, surgiu publicamente a tomar o pequeno almoço com José Sócrates em 2009, num encontro que suscitou um processo judicial devido a um alegado pagamento pelo dito apoio público.

"Não, não sou amigo dele, é você que está a dizer", respondeu, perante a insistência dos jornalistas.