Norte-americano Clint Dempsey autorizado a regressar aos relvados

Norte-americano Clint Dempsey autorizado a regressar aos relvados

Seis meses depois, o internacional norte-americano, de 33 anos, está de regresso e optimista relativamente ao futuro.

O internacional norte-americano Clint Dempsey, segundo melhor marcador da seleção de futebol dos Estados Unidos, foi autorizado a regressar aos relvados, após seis meses de paragem devido a uma arritmia cardíaca.

"Estou novamente pronto (...) e a aproximar-me do meu nível ótimo de forma. Estou a 85/90 por cento", disse Dempsey, de 33 anos, que foi forçado a interromper a sua época futebolística em agosto do ano passado.

Em consequência da paragem, o avançado não será chamado pelo selecionador de futebol dos Estados Unidos, Bruce Arena, para as partidas no final de março da zona Concacaf (Confederação de Futebol da América do Norte) de qualificação para o mundial de futebol na Rússia, em 2018.

"Depois de uma ausência de seis meses, é preciso tempo para regressar", afirmou Arena à cadeia de televisão ESPN, adiantando que Dempsey poderá regressar à seleção mais tarde durante a época.

Com duas derrotas averbadas, a equipa nacional dos Estados Unidos está obrigada a ganhar frente às Honduras a 24 de março, em San José (Califórnia) e frente ao Panamá, na Cidade do Panamá, quatro dias depois, para continuar na corrida ao mundial da Rússia.