Marcelo Boeck agradece apoio de Portugal e dos sportinguistas

Marcelo Boeck agradece apoio de Portugal e dos sportinguistas

Guarda-redes brasileiro do Chapecoense não foi convocado para o jogo na Colômbia e não viajou no voo fatídico

O antigo guarda-redes do Sporting foi um dos poucos elementos do plantel que se salvou ao desastre que vitimou a equipa do Chapecoense. Sem ser opção para o treinador Caio Júnior, não foi convocado e ficou no Brasil, acabando por ser acordado por telefonemas à medida que a notícia se ia espalhando pelo país.

Com ligações a Portugal, depois de ter jogado no Marítimo e no Sporting, o jogador recebeu inúmeras mensagens oriundas deste lado do Atlântico, recorrendo agora às redes sociais para destacar isso mesmo. "Queria agradecer as milhares de mensagens de carinho, de apoio, de consolo nesse momento tão difícil. Vindas de todos os lugares e em especial de Portugal E não podia esperar menos de adeptos e do grande Sporting Clube de Portugal por essa linda homenagem!"