Deco acusa doping

O internacional português Deco acusou Furosemida num controlo anti-doping num jogo com o Boavista, a 30 de março. Jogador não seguiu com o Fluminense para o Equador.

O médio do Fluminense acusou a substância Furosemida no controlo anti-doping realizado a 30 de março, no final do encontro com o Boavista. A substância em causa fará parte da composição das vitaminas que o jogador toma, sendo este um caso semelhante ao protagonizado por Carlos Alberto (Vasco da Gama) e do nadador César Cielo.

Deco já solicitou uma contra-análise - que deverá ser realizada sexta-feira - tendo também ordenado aos seus advogados que atuem sobre a empresa que vende as vitaminas manipuladas.

O ex-internacional português, escreve o site Lancenet, não seguiu viagem com a equipa para o Peru, onde defronta o Emelec em jogo da Taça dos Libertadores.