Bale de regresso dois meses e meio depois

Bale de regresso dois meses e meio depois

Apesar das boas notícias, Zidane não vai poder contar com o capitão Sergio Ramos

O treinador do Real Madrid, Zinedine Zidane, confirmou o regresso Gareth Bale, afastado por lesão há cerca de dois meses e meio, e a ausência de Sergio Ramos, para a receção ao Espanhol, da I Liga espanhola.

O galês Gareth Bale lesionou-se no tornozelo direito em 22 de novembro de 2016 frente ao Sporting, no jogo da fase de grupos da Liga dos Campeões, e regressa ao leque de opções do treinador francês, algumas semanas antes do previsto.

No sentido inverso, Zinedine Zidane não poderá contar para o jogo com o Espanhol, da 23.ª jornada da I Liga, com o capitão Sergio Ramos, que se lesionou no quadril direito no encontro de terça-feira com os italianos do Nápoles.

"Gareth Bale já está apto, amanhã [no sábado] vai fazer parte da convocatória e a ideia é dar-lhe alguns minutos de jogo", disse Zidane, considerando que, salvo alguns toques, como o sofrido com Sergio Ramos, o plantel está quase todo pronto a ir a jogo.

Zidane destacou a importância do regresso de Bale, que foi operado em 29 de novembro de 2016, considerando que é um jogador que, pela sua qualidade, acrescenta valor à equipa.

O treinador disse que deixou Gareth Bale fora dos convocados para o jogo com o Nápoles, referente aos oitavos de final da Liga dos Campeões, para não o lançar num duelo de alta intensidade, mas referiu que o galês irá ter alguns minutos frente ao Espanhol.

Além de Ramos, também o português Fábio Coentrão vai estar ausente na receção aos catalães, no sábado.

"O Fábio apresentou queixas ligeiras, mas deve estar de regresso dentro de dias. O problema é que depois de estar tanto tempo lesionado, quando regressa e pensa que está bem, volta a ter queixas e dores", referiu Zinedine Zidane.