Ozil até parecia Messi na gloriosa noite de Londres

Ozil até parecia Messi na gloriosa noite de Londres

Ozil fez três golos na goleada do Arsenal ao Ludogorets. Um de muitos destaques da noite de Champions.

O Benfica reentrou na corrida pelo apuramento para os oitavos de final da Liga dos Campeões de futebol, com uma boa vitória em Kiev, numa ronda em que o Barcelona arrasou o Manchester City, goleado por 4-0.

Vitoriosos por 2-0, os encarnados viram o grupo B ficar mais equilibrado, com a vitória por 3-2 do Besiktas, de Ricardo Quaresma, em Nápoles, com o português a contribuir com duas assistências para golo.

O Barça acabou por ser, nesta terceira ronda, o destaque no domínio espanhol na prova, sobressaindo sobre as outras três vitórias registadas, de Real Madrid, Sevilha e, já hoje, do Atlético de Madrid, na Rússia.

Após um empate e uma derrota 'traumática' em Nápoles, o Benfica precisava de se relançar quanto antes e conseguiu-o na capital ucraniana, por 2-0 - golos de Salvio, de grande penalidade, aos nove minutos, e de Cervi, aos 55.

O Benfica chega aos quatro pontos e entrega a lanterna vermelha ao Dínamo, que teve Antunes a titular. A um ponto do Besiktas e dois do Nápoles, a equipa treinada por Rui Vitória fica bem posicionada para se apurar, tanto mais que na segunda volta tem dois jogos em casa.

Em Nápoles, a equipa da casa foi surpreendida pelo visitante turco, com Ricardo Quaresma a render bastante, centrando para o primeiro golo da sua equipa, de Adriano, e cobrando o livre que permitiu a Aboubakar fazer o terceiro da partida, de cabeça. O camaronês cedido pelo FC Porto já tinha marcado o segundo.

No grupo C, o Barcelona lidera destacado com nove pontos, após golear o City, treinado por Guardiola. Os ingleses são segundos no grupo, com quatro pontos, mais um do que o Borussia Moenchengladbach, vencedor por 2-0 do Celtic em Glasgow.

André Gomes jogou os últimos dez minutos de um jogo em que Lionel Messi fez novo hat-trick e assistiu Neymar (que tinha falhado um penálti) no 4-0 final.

Não foi a goleada da noite - essa aconteceu em Londres, onde, para o grupo A e com arbitragem do português Artur Soares Dias, o Arsenal destrouçou o Ludogorets por 6-0. O alemão Mesut Ozil também faturou por três vezes, depois de grandes golos de Alexis Sanchez, Walcott e Oxlade-Chamberlain.

O Arsenal partilha o comando do grupo, com sete pontos, com o Paris Saint-Germain, vencedor do Basileia por 3-0, com o marcador a ser inaugurado pelo antigo benfiquista Di Maria. Muito distantes estão já o Ludogorets e o Basileia, com um ponto cada.

Bem definido está, também, o grupo D, com o Atlético de Madrid nos nove pontos e o Bayern nos seis, enquanto que PSV e Rostov seguem com um só.

Bastou o golo de Ferreira Carrasco para os colchoneros ficarem com os três pontos na Rússia. Tiago entrou para o lugar de Griezmann já nos descontos, para queimar tempo.

Renato Sanches foi suplente utilizado na vitória do Bayern por 4-1 sobre o PSV. Também não jogou muito, já que só foi lançado no jogo aos 87 minutos, quando o resultado estava feito.