Fernando Santos: "O Éder disse que ia marcar e marcou"

Fernando Santos: "O Éder disse que ia marcar e marcou"

Selecionador nacional, visivelmente emocionado, confessou-se felicíssimo com a vitória e deixou um agradecimento curioso.

Agradecimento: "Não posso esquecer os emigrantes. Ainda hoje aqui no estádio estiveram a apoiar. Quero dizer aos gregos muito obrigado".

Estratégia durante o jogo: "Naturalmente que quando perdes o Ronaldo é sempre um momento que não esperas, é um jogador que pode resolver um jogo a qualquer momento. Foi fantástico, mas foi tremendo na cabine e no banco. Foi um verdadeiro capitão e está de parabéns, ele e toda a equipa. Mudámos a estratégia, acreditando que tínhamos o jogo controlado.

Entrada de Éder: "Tinha pensado que este jogo podia ser importante para o Éder, pelas suas capacidades. A minha primeira aposta foi pôr o Nani na frente, colocando o Quaresma à esquerda, mas entendi depois que o Éder era o jogador que tinha de entrar. Ele disse que ia marcar e marcou. Está de parabéns".