Locutor comete gafe e anuncia minuto de silêncio por jogador em campo

Locutor comete gafe e anuncia minuto de silêncio por jogador em campo

No jogo entre o Santa Fé e o Santos, para a Taça Libertadores, na Colômbia, o locutor anunciou o minuto de silêncio, que estava prestes a acontecer, em homenagem a um jogador que estava vivo e em campo

A homenagem estava prevista para Kaneco, ex-jogador que fez sucesso no Santos na década de 1960 e que faleceu na última terça-feira, aos 70 anos, vítima de cancro.

Acontece que o locutor no estádio El Campín, na Colômbia, em vez de dizer o nome de Kaneco, disse que o minuto de silêncio, antes do jogo, era para homenagear Ricardo Oliveira, avançado do Santos que estava em campo.

Os organizadores da partida prometeram pedir desculpas ao jogador do Peixe, que riu da gafe. "Não ouvi, estou sabendo agora. Não precisam pedir desculpas. Está tudo bem", afirmou Ricardo Oliveira.