Micael Freire resolveu contra a corrente

Micael Freire resolveu contra a corrente

Feirense venceu em casa do Famalicão para a Taça da Liga.

Um golo contra a corrente de jogo de Micael Freire deu ao Feirense uma vitória em casa do Famalicão, em jogo da primeira jornada da fase de grupos da Taça da Liga em futebol. Num grupo em que segue destacado o Marítimo - que venceu na terça-feira por 3-1 em casa do FC Porto e já contava uma vitória por 4-2 sobre o Feirense em jogo antecipado desta fase -, o resultado de hoje serve praticamente apenas assinalar no calendário.

O encontro até começou com o conjunto de Santa Maria da Feira a ameaçar com dois cabeceamentos de Mika Figueiredo (oito e 11 minutos), mas o Famalicão dominou toda a primeira parte e dispôs de ocasiões flagrantes de golo.

Aos 17 minutos, Correia atirou ao lado após cruzamento de Mendes e um minuto mais tarde, aos 18, foi a vez de Jorge Miguel isolar Feliz, mas o atleta famalicense não deu o melhor seguimento ao lance.

O Feirense só reagia de contra-ataque e sempre de forma tímida. Aliás, foi o Famalicão que protagonizou as jogadas mais perigosas: remates ao lado de Mércio (30 e 45+2) e tentativas de Correia (32) e de Mauro (42) para defesa de Dele Alampasu que esteve ?gigante' na baliza dos visitantes.

Após uma primeira parte com assinatura da equipa da casa, o Feirense conseguiu, após o intervalo, surpreender com Micael Freire a apontar o golo após passe de Sunday (50 minutos).

O treinador forasteiro viu 'carimbada' de sucesso a sua mexida ao intervalo, quando trocou um defesa, Mika Figueiredo, para fazer entrar o avançado cabo-verdiano Kukula, passando a apostar em jogadas na vertical.

Daniel Ramos, do outro lado, também decidiu arriscar e imprimir ainda mais agressividade ao ataque, ao apostar em Medeiros fazer o corredor direito completo, tirando Daniel do eixo da defesa.

Aos 78 minutos, Chico de cabeça atirou por cima e, aos 87, foi a vez de Feliz, mais em desespero do que em jeito, também rematar para fora.

Medeiros ainda esbarrou na defesa adversária aos 90 minutos e João Pedro obrigou o guardião do Feirense a outra boa defesa, aos 90+2.