Com direitos de TV na Liga acabam dívidas

Com direitos de TV na Liga acabam dívidas

Mário Figueiredo, presidente da Liga de Clubes, disse hoje que quando os direitos de TV estiveram centralizados deixará de haver dívidas.

"Quando a Liga centralizar os direitos televisivos, os clubes deixarão de ter dívidas ao Fisco e não irá haver mais ordenados em atraso no futebol profissional. É o fim da dívida dos clubes. Os salários e os impostos em atraso irão acabar", declarou Mário Figueiredo, presidente da Liga de Clubes, no site do organismo, www.lpfp.pt.

Mário Figueiredo não adianta, contudo, um timing para que tal possa suceder, acrescentando:

"Assim que a Liga ficar com os direitos de TV, sempre que haja verbas em atraso a pagar aos futebolistas ou impostos, salda as dívidas antes de dar o dinheiro aos clubes e acaba com dois problemas que não pareciam ter solução".

Em jeito de conclusão, o presidente da Liga garante:

"Com a centralização dos direitos televisivos, as verbas serão distribuídas de forma mais equitativa do que tem acontecido até aqui".