António Gaspar Dias: "Saio a bem da Liga"

António Gaspar Dias: "Saio a bem da Liga"
Melo Rosa

Gaspar Dias demitiu-se do cargo de diretor executivo da Liga "por razões pessoais e profissionais" e defende que a "Liga está no caminho certo com a gestão de rigor" de Pedro Proença.

António Gaspar Dias confirmou que se demitiu do cargo de Diretor Executivo da Liga "por razões pessoais e profissionais", tal como O JOGO adiantou na edição em papel desta sexta-feira. "Não estive muito nem pouco tempo na Liga. Foi um tempo muito bom que tive na Liga. Vivi experiências únicas com pessoas fantásticas e saio a bem", afirmou a O JOGO o ex-presidente do Penafiel que era responsável, na Liga, pelo departamento de competições.

"Saí por razões profissionais e pessoais. Nunca tive qualquer desentendimento com Pedro Proença, absolutamente nada, muito pelo contrário até. Foi muito bom trabalhar com o presidente da Liga, fiquei com uma relação de amizade e uma admiração ainda maior", acrescentou Gaspar Dias, convicto de que o ex-árbitro internacional está a dirigir bem a Liga. "Tem uma política de rigor, de gestão de contas e de aplicação naquilo que faz que reconheço a poucos. Acho que a Liga está no caminho certo e tenho a certeza que continuará a ser feito um bom trabalho de valorização do futebol profissional, das competições e dos clubes. Aliás, a política de rigor e de contenção que está a ser posta em prática e a ajuda de um novo patrocinador relevante, que não teve nos últimos dez anos, é resultado disso", completou, assegurando que "ainda está por definir" se vai "voltar ao futebol".