Vitória foge ao Covilhã com penálti falhado no último minuto

Vitória foge ao Covilhã com penálti falhado no último minuto

Ponde desperdiçou uma grande penalidade no último minuto e não conseguiu desfazer o empate 1-1 entre o Covilhã e o Vizela.

Ponde desperdiçou uma grande penalidade no último minuto e não conseguiu desfazer o empate 1-1 entre o Covilhã e o Vizela, na 11.ª jornada da II Liga de futebol. Os minhotos marcaram primeiro, por Felipe Martins (54), e Harramiz igualou (63). Ponde não aproveitou o penálti nos descontos (90+4) e o Vizela saiu da Covilhã com o seu sexto empate no campeonato, mantendo-se invicto em jogos fora de casa.

Desde cedo que o Covilhã se instalou no meio campo do Vizela e assumiu o controlo do jogo, numa primeira metade marcada pela posse de bola dos serranos, pelos ataques sucessivos, muitos cruzamentos para a área e remates constantes.

Os minhotos, passivos, mostraram dificuldade em ter bola e em construir jogo, frente a um Covilhã sempre a semear instabilidade no último terço, mas com pouco acerto na finalização.

As ocasiões mais flagrantes foram criadas por Djikine e Ofori. Antes do descanso, Chaby tentou o golo, só que o remate voltou a sair por cima da baliza dos visitantes.

No reatamento, o Vizela continuou com as linhas recuadas e os 'leões da serra' muito pressionantes. Ao minuto 46, Paulo Ribeiro, muito solicitado, negou o golo a Davidson e, pouco depois, Harramiz rematou à figura.

E seria o Vizela a inaugurar o marcador. Contra a corrente do jogo Felipe Martins, numa jogada individual, progrediu no terreno, tirou os centrais do caminho e bateu Igor Rodrigues.

Os serranos reagiram e Chaby e Ponde remataram forte, para duas defesas vistosas do guardião visitante, que aos 63 minutos não conseguiu travar o cabeceamento de Harramiz, a dar o melhor seguimento ao canto apontado por Chaby e a igualar o encontro.

A partida tornou-se mais equilibrada, embora o Covilhã continuasse a ser a equipa mais perigosa, mas nem Ponde, nem Bokila ou Gilberto conseguiram marcar.

Quando passavam quatro minutos dos 90, Dani Coelho fez falta sobre Davidson na área. Na conversão da grande penalidade, Ponde, num remate denunciado, permitiu a defesa a Paulo Ribeiro.

Jogo no Estádio José Santos Pinto, na Covilhã.

Covilhã - Vizela, 1-1.

Ao intervalo:0-0.

Marcadores:

0-1, Felipe Martins, 54.

1-1, Harramiz, 63.

Equipas

- Covilhã: Igor Rodrigues, Mike, Zé Pedro, Joel, Soares (Ponde, 55), Djikine (Diarra, 69), Gilberto, Ofori, Davidson, Harramiz, Chaby (Bokila, 76).

Suplentes: Hugo Marques, Luís Pinto, Bokila, Medarious, Ponde, Diarra, Zarabi.

Treinador: Filipe Gouveia.

- Vizela: Paulo Ribeiro, Dani Coelho, Miguel Oliveira, João Sousa, Elízio, Dani, Lamelas (Panim, 74), Luís Ferraz (Alex Porto, 35), Pinto, Kukula, Felipe Martins (Cláudio, 90).

Suplentes: Tiago Guedes, Alex Porto, Homero, Tiago Ronaldo, Helinho, Cláudio, Panin.

Treinador: Ricardo Soares.

Árbitro: Rui Oliveira (Porto).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Dani (24), Djikine (28), Joel (67), Sousa (37), Ofori (85), Paulo Ribeiro (90+2), Dani Coelho (90+4).