Vitória: ataque em xeque se Soares for vendido

Vitória: ataque em xeque se Soares for vendido
Tomaz Andrade

Tópicos

O interesse do Villarreal em Soares coloca a SAD entre a decisão de optar pela parte desportiva, mantendo o jogador, ou ceder ao aspecto financeiro, vendendo-o. Adeptos não o querem perder já.

A revelação de que o Villarreal está muito interessado em Soares, acenando ao Vitória com uma proposta de seis milhões de euros, como O JOGO escreveu ontem, deixa a SAD perante um caso de difícil resolução. O ponta de lança brasileiro é um dos indiscutíveis de Pedro Martins, com um peso enorme no rendimento da equipa (oito golos), e a sua saída deixaria o ataque com soluções reduzidas. Atendendo a que Marega está com um pé na CAN - ainda não saiu a convocatória do selecionador do Mali, Alain Giresse, para o torneio a realizar entre 14 de janeiro e 5 de fevereiro, mas tudo indica que será chamado -, o mercado de janeiro pode deixar Pedro Martins apenas com Texeira como opção para a posição 9.

Contratado fora da janela de transferências de verão, por não ter clube na altura, o uruguaio não tem sido muito utilizado (52 minutos entre campeonato e Taça de Portugal), ainda que em situação de treino tenha demonstrado capacidade para atuar na área, apesar de não ser tão móvel como Soares, e potência de remate. De qualquer forma, num cenário de venda do passe de Soares, a SAD teria de forçosamente ir ao mercado contratar um ponta de lança.

Há ainda uma solução que pode ser considerada pela SAD no sentido de oferecer mais soluções ao treinador. É que, no contrato de cedência de Ricardo Valente ao Paços de Ferreira, há uma cláusula de resgate em janeiro.

A possibilidade de o Vitória vender Soares para o Villarreal não colhe uma opinião favorável dos adeptos, pelo menos a avaliar pelas respostas dadas por três deles a O JOGO. Numa altura em que o abate do passivo está em ritmo de cruzeiro, a opinião generalizada é que, nesta altura, deve ser dada primazia ao aspecto desportivo em vez do financeiro, aguardando-se pelo fim da época para a realização do negócio. Só que neste tipo de negócios a posição do jogador também conta e a oferta do Villarreal parece tentadora.

Laureta

Ex-jogador

"Nesta altura do campeonato, a parte desportiva é mais importante do que a financeira e acho que deve ser privilegiada. Eu não venderia um jogador que está a ser importante para a equipa e para os adeptos, e numa altura em que o Vitória está a dar um salto qualitativo em relação a épocas anteriores. O Soares está a ser um jogador preponderante para a equipa e, por isso, acho que se deve privilegiar o aspecto desportivo da questão."

José João Torrinha

Advogado

"A primeira coisa a dizer é que, sendo esses os valores, eles são razoáveis. É uma boa proposta do ponto de vista financeiro, mas acho que o Vitória está a precisar de ter uma época com sucesso desportivo. Se o Vitória não tiver uma alternativa credível, um jogador como Henrique Dourado, e falo nele só como mero exemplo, perder Soares é dar uma machadada na possibilidade de ter sucesso desportivo."

Quim Berto

Ex-jogador

"Esta é uma época muito importante para o Vitória, até pelas declarações de Pedro Martins, que estabeleceu objetivos claros de chegar a uma competição europeia, elevando a fasquia em relação a épocas anteriores. Vender o Soares no mercado de janeiro seria uma perda muito grande para o Vitória. Não deixa de ser uma proposta aliciante mas, nesta altura, o treinador e a equipa ficariam a perder. A venda deste jogador teria um impacto grande."