"O futebol português precisa de gente como o Neno"

"O futebol português precisa de gente como o Neno"

Júlio Mendes elogiou as qualidades de Neno, Relações Públicas do V. Guimarães e antigo guarda-redes, homenageado esta quinta-feira por cerca de 200 amigos.

Neno, antigo guarda-redes internacional e uma glória do Vitória de Guimarães e do Benfica, foi homenageado esta quinta-feira num restaurante de Pevidém, freguesia do concelho de Guimarães, por cerca de 200 amigos. Além do presidente do Vitória de Guimarães, Júlio Mendes, do presidente da autarquia local, Domingos Bragança, e do ex-presidente da Câmara Municipal, António Magalhães, participaram no jantar, entre outros, amigos do futebol como Jaime Pacheco, Nandinho, Eurico Gomes, Laureta, Paulo Madeira, Bruno Basto, Dimas e João Tomás.

Júlio Mendes, presidente do V. Guimarães, revelou que Neno "é uma pessoa muito especial, com um coração que não tem fim". "O Vitória orgulha-se de ter o Neno entre nós, o futebol precisa de muita gente como o Neno", acrescentou.

E o homenageado, visivelmente emocionado, agradeceu ao grupo de amigos que, juntamente com o Vitória de Guimarães, organizou o jantar de homenagem no dia seguinte ao 54º aniversário. "Já não tenho coração para aguentar tanta emoção ao ver amigos que já não via há muito tempo. Sinto-me um homem muito especial porque é isto que a vida nos dá, os amigos, e a vida tem sido muito justa para mim", confidenciou o diretor de Relações Públicas do Vitória de Guimarães.