Bruno de Carvalho: "Temos campeão das queixinhas"

Bruno de Carvalho: "Temos campeão das queixinhas"
Duarte Tornesi/Rafael Toucedo/Rui Miguel Gomes

Tópicos

Dirigente máximo dos leões diz que já estava à espera do arquivamento do processo referente ao caso "vouchers" que decorria no TAD, mas ressalva o facto de a investigação ainda não ter terminado.

runo de Carvalho, presidente do Sporting, reagiu ontem, à margem de uma reunião com o grupo parlamentar do CDS na Assembleia da República, à instauração de dois processos disciplinares contra a sua pessoa - e Jorge Jesus - pelo Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), após queixa do Benfica, acusando o emblema da Luz de ser "campeão das queixinhas". "Não sei quem vai ser campeão este ano, a luta está acesa, mas quanto ao campeão nacional das queixinhas já há um que ganhou e de certeza absoluta. Nada me surpreende em relação ao que vem daquele lado. Deve ser Guinness e como gostam muito de estar no Guinness, deve ser isso", atirou à Sporting TV.

O líder leonino falou ainda de "gente inculta" e recomendou que as pessoas "consultem o dicionário" a respeito da expressão "bardamerda", que utilizou após o anúncio da vitória no sufrágio do passado dia 4. "Tenho pena que exista muita gente que ainda é inculta. Devem ir ao dicionário e perceber o que está dito. Uma pessoa com dois dentes não é um bidente... Aconselhava as pessoas a ir ao dicionário e perceber o que disse. Espero que as pessoas que vão analisar essa queixa tenham essa cultura e que saibam perfeitamente o que está posto em causa para não voltarmos ao tempo da censura. O que o presidente do Sporting disse não é nada de mais", defendeu, comentando a decisão (arquivamento) do Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) sobre o caso dos "vouchers" (ver página 8): "Em Portugal não havia quem estivesse à espera de que a decisão fosse diferente depois do que decidiu o CD da FPF. Em termos de investigação, nada está terminado."