Bruno de Carvalho: "Desde que cheguei à Costa Rica ganhei dois pontos aos rivais"

Bruno de Carvalho: "Desde que cheguei à Costa Rica ganhei dois pontos aos rivais"

Bruno de Carvalho, presidente do Sporting, encontra-se na Costa Rica e falou na aposta em jogadores daquele país.

Bryan Ruiz e Joel Campbell são dois jogadores da Costa Rica no plantel do Sporting, mas Bruno de Carvalho admite vir a ter mais nada equipa. "Estamos a ver este país há muito tempo, que tem jogadores de muito talento. A seleção tem feito grandes jogos nos últimos anos, estamos a ver a Costa Rica como um grande mercado. Foi importante conhecer Bryan e Joel. Os jogadores da Costa Rica são muito profissionais. O futebol é diferente na Europa, é preciso ter mais alma, mas isso trabalha-se. Queremos trabalhar com jovens talentos e transformá-los em jogadores de topo", afirmou o líder do Sporting a uma rádio daquele país, a Rádio Actual FM.

"Temos de falar do Sporting, nos últimos 15 anos não vencemos. Isso não é o Sporting, temos tradição muito grande a nível nacional e internacional. Em 110 anos não vi um presidente preocupado com a nossa identidade. Queremos voltar a ser o topo em Portugal, somos o clube mais eclético do mundo, como já fomos, depois avançar para as conquistas europeias. Queremos formar jogadores, onze jogadores da nossa academia. Queremos encontrar na Costa Rica jogadores que ajudem a ganhar. As pessoas acreditam que vamos voltar a ser o Sporting que em oito anos venceu sete vezes. Queremos descobrir talentos, não somos um clube rico, não há em Portugal a mesma força de Espanha, Inglaterra ou Alemanha", continuou Bruno, que não deixou de gracejar com os empates de Benfica e FC Porto.

"Desde que cheguei à Costa Rica ganhei dois pontos aos nossos rivais, talvez fique aqui mais duas ou três semanas", atirou.