Vítor Baía: "Nuno é o menos culpado"

Vítor Baía: "Nuno é o menos culpado"
Ana Luísa Magalhães

Tópicos

Vítor Baía, antigo guarda-redes do FC Porto, comentou a atual situação do clube à margem do jantar comemorativo dos 50 anos da Associação Académica de Leça, clube onde começou a jogar e que o designou como presidente honorário, tal como Domingos Paciência.

Se esperava uma situação tão drástica? "Se se analisar as minhas declarações no último ano, que estão atuais, tiram-se as conclusões. Preferia não ter razão, mas o sentimento especial que tenho por aquela casa é que me levou a falar".

Luís Gonçalves e João Pinto: "Aprovo o regresso de pessoas que conhecem bem o clube e que têm competência para os cargos que ocupam. Nuno? É o menos culpado".

Regresso ao FC Porto: "Quando chegar o momento certo. Estou umbilicalmente ligado ao clube, mas com um sentimento genuíno, não preciso do FC Porto para viver".