Revelação na AG: já ofereceram 60 milhões por André Silva

Revelação na AG: já ofereceram 60 milhões por André Silva

Pinto da Costa escalpelizou na AG os 95 milhões de euros recusados por três jogadores.

André Silva foi, afinal, alvo de duas ofertas milionárias durante o último defeso: uma antes da renovação e outra depois. A revelação foi realizada por Pinto da Costa durante a intervenção final na assembleia geral do clube efetuada na noite de quinta-feira, no Dragão. "O André Silva, que na altura valia 25 milhões de euros, neste momento vale 60, porque é a sua cláusula de rescisão, para a qual, se quiséssemos, já o teríamos vendido", esclareceu o presidente do FC Porto, que escalpelizou ainda os 95 milhões de euros oferecidos pelo avançado português, por Danilo e por Herrera, bem como a quantia real que entraria nos cofres da SAD.

"Oitenta por cento de 40 milhões de euros [Danilo] são 32, 80 por cento de 30 milhões [Herrera] são 24 e 100 por cento de 25 milhões [André Silva] são 25. Tudo junto daria 81 milhões. Ainda que tivéssemos de pagar 10 por cento de comissões, ficavam 72,9 milhões de euros", contabilizou, garantindo que não está "arrependido" da opção tomada e esclarecendo que, "se um dia alguém bater a cláusula de André Silva, a SAD não tem de pagar comissões". "Só pago quando me levam jogadores que tenho interesse em vender", assegurou.