José Peseiro: "Só dependemos de nós para jogar bem"

José Peseiro: "Só dependemos de nós para jogar bem"

Treinador do FC Porto enalteceu o número de oportunidades criadas frente ao V. Setúbal, e, apesar de saber que depende dos rivais para ser campeão, defende que continua na luta, a pensar "jogo a jogo".

Resultado: "Jogo em que entrámos muito bem, onde criámos situações para fazer golo mais cedo. 1-0 ao intervalo foi pouco. Depois estávamos a ganhar 1-0, e não fazemos o segundo golo, algo que fez surgir um pouco mais de intranquilidade, própria de quem está na luta e não pode perder pontos. Saímos daqui com uma vitória, com três pontos, sem sofrer golos e ficámos a dever muitos golos às oportunidades que criámos. Fomos nós que criámos a pressão em função do que fizemos".

Justiça: "O V. Setúbal criou uma oportunidade, e é uma equipa que geralmente cria dificuldades aos adversários. No final do jogo teve uma, que, com menos sorte, até poderia ter entrado. Ficámos a dever muitos golos. Merecíamos outro resultado, mas não o conseguimos num jogo em que somos justíssimos vencedores".

Oportunidades falhadas: "Pode ter a ver com a pressão. Tenho que dar os parabéns aos jogadores pela quantidade de oportunidades criadas".

Objetivo: "Vamos descansar quinze dias e ganhar o jogo em Tondela. Queremos ganhar jogo a jogo, mas só dependemos de nós para jogar bem. Não importa o que pode acontecer. Para que cheguemos à frente, é preciso que os outros percam. Queremos dominar os nossos jogos e não pensar no que acontece com os adversários. Não vale a pena pensar noutros jogos. Com as seleções não vamos ter jogadores suficientes para trabalhar melhor a equipa. Hoje [sábado] foram mais três pontos e vamos jogo a jogo. Agora há que vencer o Tondela para continuar na luta até ao final".