FC Porto questiona: "Benfica vai recorrer por alma de quem?"

FC Porto questiona: "Benfica vai recorrer por alma de quem?"

Benfica ainda equaciona se concretizará a intenção de avançar com uma ação no Tribunal Arbitral do Desporto visando impugnar a recente deliberação do Conselho de Justiça de ilibar Pinto da Costa.

O Benfica ainda equaciona se concretizará a intenção de avançar com uma ação no Tribunal Arbitral do Desporto visando impugnar a recente deliberação do Conselho de Justiça de ilibar Pinto da Costa, líder da SAD portista, no âmbito do caso Apito Final - as águias, segundo explicação publicitada, entendem que "a resolução do CJ é nula porque usurpa os poderes e competências do TAD". Na newsletter "Dragões Diário", o FC Porto questiona a atitude do clube da Luz.

"As famosas e sempre anónimas "fontes oficiais" do Benfica voltaram a falar em dois dos seus palcos privilegiados, A Bola e o Record. Desta vez, para anunciarem que ponderam recorrer do acórdão que absolveu o FC Porto e o seu Presidente do processo 'Apito Final'. Deixamos algumas questões, na expectativa de que os senhores anónimos nos possam esclarecer: o Benfica vai recorrer por alma de quem? É uma parte do processo? É assistente? Esteve na origem da queixa? Tem alguma ligação à primeira decisão de Ricardo Costa? Reconhece a paternidade da 'reunião' clandestina de julho de 2008 que foi considerada nula? Acima de tudo: alguém do Benfica tem coragem para dar a cara e assumir que esta decisão é uma derrota do clube? Ou então, no limite, são capazes de reconhecer que uma comunicação assente em falsidades e na deturpação da realidade só se compadece com o anonimato de quem fala em nome do clube?", surge escrito.