Depoitre: de criticado a homem do jogo

Depoitre: de criticado a homem do jogo

Belga foi opção de Nuno para a segunda parte e respondeu à aposta do treinador da melhor forma, apontado o golo do empate para os dragões.

Laurent Depoitre foi eleito homem do jogo frente ao Chaves, tendo marcado o golo do empate pouco depois de entrar em campo e ajudando posteriormente a manter a vantagem frente aos flavienses.

Depoitre foi o herói improvável num jogo que se apresentou difícil para os dragões, sendo que o avançado foi opção de Nuno Espírito Santo na segunda parte, numa altura em que o FC Porto estava em desvantagem no marcador, e respondeu à aposta da melhor forma: foi da cabeça do belga que saiu o golo do empate, com Danilo a completar a reviravolta uns minutos depois.

O ponta-de-lança, recorde-se, chegou ao FC Porto em agosto passado proveniente do Gent, a troco de seis milhões de euros. Depois de uns primeiros meses difíceis ao serviço dos dragões - Depoitre soma dois golos e poucos minutos com Nuno Espírito Santo -, a afirmação do belga não podia ter chegado em melhor hora, permitindo assim ao FC Porto voltar a encurtar, ainda que provisoriamente, a distância em relação ao líder Benfica.