"Na segunda parte, demos um passo para ficar por cima"

"Na segunda parte, demos um passo para ficar por cima"

Vasco Seabra, treinador do Paços de Ferreira, lamenta a erros e elogia a reação ante o Aves

Erros e reação: "Houve um Paços de Ferreira fortíssimo, excetuando cinco minutos do jogo [correspondentes aos golos do Aves]. Entrámos bem, a pressionar o Aves, mas, depois, houve passividade nossa no primeiro golo e uma falha no segundo. Ainda assim, a equipa reagiu quase de imediato aos golos sofridos e remeteu o Aves para o seu meio campo defensivo."

Injusto, até: "Na segunda parte, demos um passo para ficar por cima, fomos a equipa que mais fez por isso, tivemos uma alma muito grande e acabámos por empatar com justiça, mas até podíamos ter ganho no final."

Tal como na Madeira: "É sempre muito difícil recuperar de dois golos de diferença, ainda por cima, com o calor que estava, mas superámos as adversidades e, tal como na Madeira, em que fomos superiores, mostrámos que estamos vivos e vamos ser capazes de fazer um campeonato tranquilo".