"Adeptos não me estavam a deixar falar"

"Adeptos não me estavam a deixar falar"

O autor do golo do Paços de Ferreira, no empate no Restelo, explica porque teve de abandonar a flash-interview da Sport TV, no final do jogo

O que se passou na flash-interview, após o jogo? "Os adeptos não me estavam a deixar falar e, por motivos de segurança, acharam melhor que voltasse para dentro"

Sobre o jogo: "Foi um jogo muito bom, de ambas as equipas. Poderíamos ter saído com os três pontos, não conseguimos, mas um ponto para nós é muito bom. Temos de continuar assim e pensar já no jogo seguinte, contra o Sporting, para fazermos pontos e continuarmos a subir cada vez mais [na classificação]"

Grande golo. "Espero continuar a marcar golos e a ajudar o Paços a manter-se na I Liga. No final da época, deixarei o meu futuro para o meu empresário. O meu objetivo é estar no top. Sinto que tenho qualidade [para jogar num grande], mas deixarei isso para o meu empresário, que fará o melhor para mim"

Seleção."É um sonho de há muito tempo [representar a seleção nacional]. As coisas não me estavam a correr bem, agora tem corrido melhor e vou fazer tudo por tudo para marcar cada vez mais golos até final da época. Depois, deixarei isso para o 'mister' Paulo Bento decidir".