Sinan Gumus à espera do lugar de Carrillo

Sinan Gumus à espera do lugar de Carrillo
João Sanches/Pedro Miguel Azevedo

Tópicos

O Benfica continua em cima do turco-alemão do Galatasaray, mas só poderá finalizar o processo de aquisição depois de transferir um dos flanqueadores

Seguido há muito tempo pelo Benfica - que até teve de produzir um desmentido para "silenciar" o agente do jogador -, Sinan Gumus, de 23 anos, mantém-se na lista de possíveis contratações dos gestores encarnados para a nova temporada. Ao que O JOGO apurou, o turco-alemão, do Galatasaray, aguarda apenas pela abertura de um lugar no contingente de extremos na Luz para que o seu processo de transferência possa evoluir para a fase de concretização. E essa vaga, segundo foi possível saber, deverá ser disponibilizada por André Carrillo, cuja falta de rendimento em 2016/17 - foi titular em apenas três das 34 jornadas do campeonato - o coloca agora entre os transferíveis, podendo a mudança de ares verificar-se mediante um acordo de empréstimo, que contemple, preferencialmente, uma cláusula de opção de venda por um montante até 20 milhões de euros.

Para já, pela cedência temporária por uma época, o presidente das águias, Luís Filipe Vieira, pede dois milhões de euros.

O elevado salário de Carrillo configura uma potencial dificuldade num contexto de transferência, visto que nem todos os clubes médios do futebol europeu têm capacidade financeira para suportar um encargo anual de quatro milhões de euros brutos. Há, porém, emblemas na Turquia com fôlego económico para aguentar tais exigências: além dos mais mediáticos Besiktas, Galatasaray e Fenerbahçe, também o vice-campeão Basaksehir e o Trabzonspor têm dinheiro para aplicar numa aquisição com este peso na folha de vencimentos.

Sem desmerecer este ou qualquer outro cenário que entretanto se perfile no horizonte, é, no entanto, para a Premier League inglesa que Luís Filipe Vieira aponta as suas esperanças de resolução do dossiê Carrillo. O Watford, treinado por Marco Silva, já manifestou interesse no internacional peruano, a quem também agrada a hipótese de voltar a trabalhar com quem o orientou no Sporting em 2014/15.