Mourinho prepara ofensiva por Nélson Semedo. Benfica já definiu preço

Mourinho prepara ofensiva por Nélson Semedo. Benfica já definiu preço
Bruno Andrade

Tópicos

Ciente da forte cobiça que o internacional português desperta por toda a Europa, por exemplo junto de City, Barcelona, PSG ou Bayern Munique, Luís Filipe Vieira exige nesta altura 40 milhões para aceder à saída

O Manchester United prepara novo assalto a Nélson Semedo. Ao que O JOGO apurou, o emblema orientado por José Mourinho deverá voltar à carga pelo lateral-direito, colocando em cima da mesa uma proposta no valor de 35 milhões de euros. Esta é precisamente a verba que já acertou recentemente com o Benfica e que valeu a contratação de Lindelof, ainda que, no caso do internacional sueco, esteja também estipulado o pagamento por parte do conjunto inglês de mais dez milhões de euros, mediante objetivos a alcançar pelo central.

Alvo também do interesse de clubes como Manchester City, que já deixou nos cofres da Luz 40 milhões de euros pela contratação de Ederson, Barcelona, PSG ou Bayern Munique, o camisola 50 das águias deverá ser alvo em breve de novo assalto por parte dos red devils, com os responsáveis do clube a procurarem oferecer ao Special One um plantel capaz de lutar pelo título em 2017/18, objetivo do qual ficou longe na temporada que terminou - o Manchester United terminou apenas no sexto lugar, a 24 pontos do Chelsea, ainda que José Mourinho tenha conduzido o clube à conquista da Liga Europa, assim como da Taça da Liga e da Supertaça inglesas.

Os red devils têm já negociado o processo da contratação de Nélson Semedo com Luís Filipe Vieira, que chegou, tal como o nosso jornal adiantou, a deslocar-se a Inglaterra para discutir a transferência do internacional português, atualmente ao serviço da Seleção Nacional - ontem foi suplente não utilizado no empate a duas bolas com o México, na primeira jornada da Taça das Confederações -, e de Lindelof. Porém, se os valores apresentados pelo emblema britânico por Lindelof agradaram ao presidente do Benfica, o mesmo não aconteceu no caso de Nélson Semedo. Agora, o Manchester United reforça o processo negocial, ainda que corra o risco de subir a parada, pois Luís Filipe Vieira pretende 40 milhões de euros para aceder à saída do defesa de 23 anos.