Boavista que se prepare: rival seguinte do Benfica paga a fatura

Boavista que se prepare: rival seguinte do Benfica paga a fatura
Paulo A. Teixeira

Tópicos

Com Rui Vitória, após derrotas na Liga dos Campeões, o Benfica costuma alcançar triunfos.

Derrotado pela primeira vez esta época, o Benfica vai procurar dar uma resposta positiva depois do resultado adverso diante do CSKA no Estádio da Luz (1-2). O Boavista é o próximo adversário dos encarnados e o histórico recente mostra que os comandados por Rui Vitória costumam ser bem-sucedidos após desaires na Liga dos Campeões.

Numa análise às duas últimas temporadas, período em que o Benfica passou a ser orientado pelo treinador ribatejano, as águias averbaram seis derrotas na liga milionária e apenas por uma ocasião não tiveram capacidade para vencer o opositor seguinte. Em 2015/16, depois de ter perdido na Turquia com o Galatasaray (2-1), o Benfica recebeu o Sporting e caiu com estrondo em casa, diante do eterno rival que marcou três golos sem resposta. Nas restantes vezes em que não somou pontos na Champions com Vitória ao leme, o Benfica teve êxito, recuperando sempre dos resultados negativos nos encontros com as equipas portuguesas (ver quadro) que pagaram a fatura. No entanto, a deslocação ao Bessa não se afigura fácil. Em março de 2016, os encarnados sentiram dificuldades para bater os axadrezados e o desafio só foi desbloqueado aos 90"+4", com um golo de Jonas que manteve o Benfica na liderança da Liga com dois pontos de avanço sobre o Sporting, à 27.ª jornada. Em maio do ano passado, já com o título de tetracampeão assegurado, as águias empataram (2-2) aos 90", por Kalaica, em jogo da última jornada.